Uma nova época

Necessito a volta do meu escrever, que me acalenta o coração e me faz brincar com as palavras da minha mente. Contar a história daquele ser que cai na fantasia e paranoias, escapando da vida real por meio dos sonhos. Esse sou eu, que em tantas madrugadas já chorei e já sorri, buscando a resposta pra essa questão: com essa minha pressa de querer chegar aos lugares, o que perdi pelo caminho?
Percebi que a vida existe e se traduz em momentos de lampejo. Ela sempre começa dentro da gente, e se expande a partir do que a gente acredita, sabe, cria. É tão mais confortável saber que a vida se encontra menos no que a gente tem e muito no que a gente é. Sempre tão corridos e com pressa, tolos que somos, por que não é todo dia que conseguimos aproveitar uma boa poesia? Quão melhor seria se não nos importássemos se é noite ou se é dia?!
De tudo que já aprendi, sei que a vida é uma loucura. Feita de encontros e desencontros com o acaso e com o que já foi determinado. De altos, perto de tocar no céu, a baixos fundo-do-poço. A parte mais gostosa é perceber o quanto a gente aprende, o quanto a gente evolui, mesmo sendo conturbada e desastrosa a nossa viagem pelos planos terrenos. Para finalizar, uma máxima: que aproveitemos e gozemos da vida enquanto ainda somos vivos, porque a isso nos é permitido!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s